Crônica – Cabeça de Barata

Olá seres humanos ou nem tanto! Muito tempo parado e a cabeça ameaça explodir. Cansado de ser escada, agora quero trepar… em qualquer sentido que imaginares… Então, a partir de agora, A Barata estará sendo colocado serviço de uma instituição legendária chamada Luiz Carlos Cichetto, o “Barata”. Todos os meus trabalhos,sejam profissionais ou culturais, estão sendo mostrados neste portal. Diria que foi uma mudança não apenas editorial, mas de postura global que abrange uma conduta que adquiri nos últimos tempos, que é de privilegiar a mim mesmo. A reformulação gráfica do site, ainda em andamento é o princípio disto. E não que não possa publicar trabalhos interessantes de amigos ex colunistas, como ainda o faço na Revist”A Barata, mas a prioridade estará sendo exclusivamente divulgar a minha história, deixar minha marca no Planeta Internet e no quase extinto Planeta Terra.

Ademais quem necessitar de meus préstimos culturais e profissionais de qualquer espécie, sabem agora a forma de me encontrar. Minhas centenas e centenas de poesias e prosa estão sendo exibidos, bem como meu trabalho como artesão, web designer e tudo o mais que fiz ao longo de 51 anos de existência, onde sempre a paixão norteou. No mais, sigam-me os maus, que dos bons estou de saco cheio! O Inferno está lotado de almas bem intencionadas e eu quero mais é grana…

9/5/2009

Barata, nascido Luiz Carlos, no dia do Anti-Natal do ano da Graça do nascimento de Bruce Dickinson, Madonna, Michael Jackson, Cazuza e Tim Burton, é poeta, romancista, ensaista e contista, além de produtor de eventos e artista plástico. Cresceu escutando Beatles, Black Sabbath, Rush e Pink Floyd. Participou da geração mimeógrafo nos anos 1970, mas quando chegaram os filhos deixou de ser poeta e foi tentar ser homem, o que no entender de Bukowski é bem mais difícil. Trabalhou como office-boy, bancário e projetista de brinquedos. Apesar de ter escrito milhares de textos nunca ganhou um prêmio literário. Foi apaixonado por Janis Joplin, Grace Slick  e Patti Smith; casou quatro vezes e Atualmente procura pagar as contas trabalhando com criação de sites, edição e diagramação de livros e arte digital.

5 1 Vote
Article Rating
Assinar
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários