Crônica – Foda-se e Feliz Aniversário, Betty Boop!

Quando eu conheci Betty Boop, ela tinha quase 20 anos a menos do que eu. Hoje ela completa a mesma idade. Mas não tenho culpa, não fui eu quem remoçou, foi ela, Betty, quem des-remoçou. Quando o desejo corre junto com o tempo, o último perde… Perde porque corre rápido. O tesão consome o tempo do mesmo jeito que um leão a sua presa. O tesão não precisa do tempo e, portanto o aniquila. Hoje Betty, a Personificação do Tesão completa outro ciclo ao redor do sol. Sua alma ardente e insaciável procura pelas camas do Universo o Tesão que jamais a satisfará completamente. Betty apenas estará saciada de seu desejo o dia em que puder transar consigo mesma, tão impar é seu desejo. Mas o tempo corre e Betty deseja. Betty apenas deseja, nunca enseja. Betty não tem rima, Betty não prima…De nada! De ninguém. Apenas deseja, beija, goza, grita, geme e quer mais e mais. Betty não cansa, nem descansa. E Betty tem peitos enormes que ela odeia e que eu sempre gostei de chupar. Betty não é Lésbica nem é Gay. Betty não é mulher, nem homem, também não é travesti ou transgênero. Betty não é santa, nem é demônia. Ensinou a todos eles. Prometeu moderno, Betty roubou a tocha, enfiou entre as coxas, guardando ali a sabedoria e o tesão que todos os homens e mulheres perseguem. Betty não morre, Betty é eterna, quanto o Desejo, quanto o Tesão. Lagartos enfiaram a língua em seu cu, baratas passearam sobre seus públicos pêlos púbicos. Lesmas deslizaram sobre sua pele, cobras em sua bunda e caracóis em seus cabelos. Mas Betty é um Escorpião. E os escorpiões quando gozam se matam com o próprio ferrão. Betty gosta de trepar, não fala essa palavra, pois uma criança não pronuncia palavrão. Betty gosta de foder, mas não pode com esse termo. É uma puta, mas não aceita dinheiro, apenas bens que a façam se sentir independente. Betty… Ah, Betty! Era tão gostoso foder sua buceta! E lamber… E chupar… Mas o melhor era sua cara de tesão! Ah, Grande Prostituta do Universo! Sim, Crowley sabia o que falava! Crowley não era um bruxo, era um fudedor! Imagine se Aleister encontrasse Betty!!! O mundo sofreria uma hecatombe energética. A energia sexual desprendida dessa foda impulsionaria o Planeta Terra aos confins do Universo. E a Humanidade pereceria inteira, tendo estampado no rosto o ar de Tesão que hoje apenas Betty possui. Possui… O que Betty possui? Betty não possui nada, mas possui a tudo e a todos. E todos gostam de ser possuídos por ela. Todos e todas! E qualquer coisa! Ah, Betty, Betty…! Eu construiria um bordel inteiro apenas para você! Homens e mulheres se deliciariam com seu prazer! Eunucos a chupariam! Acorda, Betty! Que hoje deixastes de ser criança! Então trepa comigo! Não, eu não quero fazer amor com você, isso eu fiz e não é bom! Bom contigo é foder, trepar, essas palavras sujas e nojentas, mas gostosas de dizer e de fazer! Fodamos, então, querida Boop! Betty ama foder, trepar, transar, dar, comer… Enfim, Betty adora gozar! Acabou o desenho? Eu era apenas um desenho desanimado, sai de um Filme Noir dos anos 30 e encontrei a animação em forma de gozo! As deusas também gozam! Ao inferno com as deusas, tragam as putas que a Festa de Aniversário vai começar! Tragam as putas e as lésbicas! Tragam aos machos e as fêmeas que ELA é o bolo de seu próprio aniversário! Como foi do meu! Eu não mais comemoro aniversários, porque morri em dois deles. E só se morre duas vezes! Suspendam por hora a festa, pois os porcos levantaram da mesa, com a maçã na boca e agora guincham. Os porcos sobre a mesa posta da Festa de Aniversário de Betty estão vivos e querem foder com Betty. Acorda, Betty, é apenas um pesadelo! Todos querem foder com Betty e Betty fode com todos! Todos estão fodidos e Betty goza com isso! Comprei um bolo de Aniversário! Trinta velas e vou enfiar todas elas em todos os buracos de Betty. E ela vai gostar e gozar com isso. As velas acesas e o fogo de Betty é maior que trinta velas acesas. E ela beija enquanto fode! E fode enquanto beija. Beija e fode como ninguém. Um metro cúbico de gozo sobre o lençol. Ah, Betty. Hoje amanheceu chovendo. Mas não era chuva, era Betty mijando na minha cabeça. Mija, Betty, mija! Chuva dourada e os relâmpagos do seu gozo! Trovões de sua bunda seus peidos cheirando leite de colônia. Ora, Betty, sabes que já limpei sua bunda e seu vômito, então posso beber seu mijo. Foda-se se não quiser mijar em mim. É, foda-se, porque só você conseguirá fazer você gozar. Um dia “Deus falou comigo”. E disse ele: vai lá, meu filho, e fode a buceta de Betty, come o cu dela, goza na cara dela. Mas então, o Diabo interveio e falou com ela: “Vai lá, Betty, e fode com todo mundo, porque um é pouco para você, dois é pouco para você… O mundo é pouco para você!” Mas Betty não escutou nem a um e nem a outro, porque Betty é maior que todos. Aliás, o tesão de Betty é maior que Deus e que o Diabo, juntos. E Betty se basta! Hoje Betty acordou cedo, tomou um banho demorado com o cuidado de deixar sua buceta bem cheirosa. Aparou os pelos da bucetinha, arrancou os pelos do cu com os olhos cheios de água e bateu uma siririca no banheiro só para aquecer. Depois lustrou sua tatuagem, enfiou a minúscula calcinha sobre a melada buceta e saiu. Afinal, hoje é o Aniversário de Betty, a Boop e seu presente é foder consigo mesma. Ela se deu a si mesma de presente. O mundo jamais será o mesmo… Mas terá muito mais Tesão!

10/26/2007

Barata, nascido Luiz Carlos, no dia do Anti-Natal do ano da Graça do nascimento de Bruce Dickinson, Madonna, Michael Jackson, Cazuza e Tim Burton, é poeta, romancista, ensaista e contista, além de produtor de eventos e artista plástico. Cresceu escutando Beatles, Black Sabbath, Rush e Pink Floyd. Participou da geração mimeógrafo nos anos 1970, mas quando chegaram os filhos deixou de ser poeta e foi tentar ser homem, o que no entender de Bukowski é bem mais difícil. Trabalhou como office-boy, bancário e projetista de brinquedos. Apesar de ter escrito milhares de textos nunca ganhou um prêmio literário. Foi apaixonado por Janis Joplin, Grace Slick  e Patti Smith; casou quatro vezes e Atualmente procura pagar as contas trabalhando com criação de sites, edição e diagramação de livros e arte digital.

5 1 Vote
Article Rating
Assinar
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários