Depoimento – Isaac Soares de Souza

Meu amigo e mentor Barata Cichetto, escritor, poeta, compositor que trafega no gueto da arte como um pleito que ele abraçou como meta de liberdade. Vociferar a verdade em palavras infames, Cichetto é um ser que nunca tange nem gado nem gente, porque Barata vive nos destroços, asquerosamente infame, invadindo lares com suas palavras que assustam o poder institucionalizado, seres manietados no cu do mundo, guiados pela máquina saprófaga do sistema, povo anátema, imbecilizado, nunca civilizado. Barata arranha com suas patas a consciência inexata de gente insensata que não pensa. Não sei se Barata tem patas, mas desde que tenha pernas para andar sem comando, podemos chamá-las do que quiser porque todo animal racional que tem locomoção própria, tem patas porque pode dar patadas ao léu e transformar o inferno em céu ou no cu do mundo. Poeta giramundo, vagabundo, imundo, mas genial e profundo em seu persigal próprio de quem nunca caminha rumo ao matadouro humano que é o mundo. – Facebook – 07/10/2012

Isaac Soares de Souza é Escritor. São Carlos, SP

5 1 Vote
Article Rating
Assinar
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários