Resenha Literária – Kiss Por Trás da Máscara (A Biografia Oficial Autorizada)

Quando alguém escreve uma biografia é com o intuito de fazer com que o leitor acredite que tudo que está escrito ali é verdade. Agora imagine um livro sobre a história de uma banda de Rock escrita por dois fãs da mesma. É o que pretende “Kiss Por Trás da Máscara”, de David Leaf e Ken Sharp lançamento em Outubro pela Companhia Editora Nacional. Uma mensagem tomando uma página inteira “Se você não é fã do Kiss, largue já este livro”., dá a tônica do que pretendem os autores. Portanto não espere nenhuma informação não autorizada por Gene Simmons. Nada das muitas polêmicas que envolvem a banda nem nada disso. O título dá a impressão de que existam revelações bombásticas sobre a banda, que seus integrantes serão “desmascarados”. Mas nada disso ocorre.

Boa parte do livro foi escrita em 1979 e re-editada agora e portanto conta a história da banda apenas até ali. Começa com as biografias individuais dos fundadores e como se encontram. A segunda parte é uma espécie de “discografia comentada” que achei meio confusa, e peca pela falta das imagens das capas e a ficha técnica dos discos mais completa.

Com relação à edição, a impressão da capa e as fotos internas são bonitas, mas a impressão deixa a desejar e tem uma confusão em tipos de fontes que confunde, além do papel, fino demais, o que causa “vazamento” .

De qualquer forma, é uma leitura obrigatória para quem quer conhecer um pouco mais da história de um dos maiores fenômenos musicais e comercias do mundo do Rock: o Kiss. E de certa forma serve para quebrar alguns tabús, se acreditarmos que o que está escrito ali é verdade. Mas, não perca a mira de que o livro foi escrito por e para fãs do Kiss.

Kiss Por Trás da Máscara (A Biografia Oficial Autorizada)
Autor: David Leaf e Ken Sharp
Biografia da Banda de Rock Kiss.
2006 – Companhia Editora Nacional
Tradutor: Áurea Akemi Arata e Marina Petroff Garcia
Título Original: Kiss Behind The Mask (The Official Authorized Biography) – 480 Páginas

Barata, nascido Luiz Carlos, no dia do Anti-Natal do ano da Graça do nascimento de Bruce Dickinson, Madonna, Michael Jackson, Cazuza e Tim Burton, é poeta, romancista, ensaista e contista, além de produtor de eventos e artista plástico. Cresceu escutando Beatles, Black Sabbath, Rush e Pink Floyd. Participou da geração mimeógrafo nos anos 1970, mas quando chegaram os filhos deixou de ser poeta e foi tentar ser homem, o que no entender de Bukowski é bem mais difícil. Trabalhou como office-boy, bancário e projetista de brinquedos. Apesar de ter escrito milhares de textos nunca ganhou um prêmio literário. Foi apaixonado por Janis Joplin, Grace Slick  e Patti Smith; casou quatro vezes e Atualmente procura pagar as contas trabalhando com criação de sites, edição e diagramação de livros e arte digital.

5 1 Vote
Article Rating
Assinar
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários