Resenha – Resenha Sobre A Mulher Líquida, Por Genecy Souza

Genecy Souza . 

Sou um dos muitos homens que puseram as mãos em Angela Maria. No meu caso, só as mãos mesmo. O autor não me deu a chance de usar outra coisa (risos). De qualquer modo fiquei muito lisonjeado por ser citado pela (anti?)heroína.

Angela é o que se chama de mulher-problema. E é dessa forma que, de cama em cama, de homem em homem, de enrascadas em enrascadas, contrassensos em contrassensos, a mulher liquefaz toda um ordem moral e todo um ordenamento social que ela ousa desafiar com a única arma de que dispõe: o sexo.

E Marquês de Sade.

E rock and roll.

E Belchior… tratado aqui como uma espécie de guru — ou um norte incerto –, cuja poesia-voz-música-e-bigode o excluem longa lista de homens-objeto de Angela, pelo simples fato da existência da enorme distância física entre eles. O poeta e sua dileta ouvinte nunca se tocaram. Não trocaram fluídos.

A Mulher Liquida é aqui mostrada nua e exposta. E tal exposição também desvenda a nudez moral de pessoas amorais fora dos holofotes sociais e comportamentais, a começar por sua família.

Angela Maria enfrentou o mundo com seu sexo e flertou várias vezes com a morte, e até tentou ser feliz em seu mundinho dissoluto. Na verdade, até foi. Mas era só um sonho.

Genecy Souza é comerciário, escritor ; nasceu e mora em Manaus, AM

A Mulher Líquida
Luiz Carlos Cichetto
Romance
Amazon Books – 2019
640 Páginas

DEPOIMENTO

Hoje é aniversário de uma grande figura. Mais que um amigo, de cuja amizade me orgulho desde a infânciam embora ela tenha surgido há um par de anos graças a uma entrevista em que não se sabe ao certo quem perguntava e quem respondia. Um artista a quem admiro a cada dia, apoiador da arte e da música underground alternativa e da contracultura neste país em que ela faz tanta falta. Sua peça Vitória, inúmeros de seus poemas, entre eles dois mais que especiais que estarão no próximo disco do Psychotic Eyes, estão entre as obras de arte que mais me tocaram e influenciaram no tempo recente e que definem o artista e músico que sou hoje. Além disso ele ainda é editor da revista Gatos & Alfaces, única publicação em papel que ainda tenho tesão em ler hoje em dia e para a qual tive a honra de contribuir com alguns textos bem mequetrefes. Parabéns Barata! O aniversário é seu mas quem ganha o clichê de presentes somos todos nós! - Facebook - 25/06/2015
Dimitri Brandi de Abreu
São Paulo - SP
5 1 Vote
Article Rating
Assinar
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários