Resenha – Sexo, Poesia, Internet e Rock and Roll: Um Site Com História

Genecy Souza . 

Não sei se existe ao menos algum site com biografia publicada em livro – de papel, não e-book, que fique bem entendido –. Entretanto, o livro A História de Abarata.com.br vai muito além do site propriamente dito, essa coisa abstrata e até fria, a depender do ângulo de onde se olhe. Existe uma pessoa de carne e osso cuja vida é indissociável de suas criações.

Luiz Carlos ‘Barata’ Cichetto é o homem por trás (e a frente) da coisa, desde aquele interneticamente distante ano de 1997, onde tudo aquilo que hoje é bastante banal – o acesso à rede mundial de computadores –, muita coisa mudou, mas não da maneira que esse adepto da “Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade”, frase que está colada nos atos e na personalidade do autor como tatuagem profunda. Os tempos que hoje correm são de puro desafio, haja visto o custo que é defender a liberdade de expressão como um bem inestimável à pessoa humana. Essa liberdade viaja no rock e na poesia.

Barata narra sua saga de maneira franca e direta, não poupando nem a si próprio das saias justas em que se meteu. As amizades feitas e desfeitas. Dos muitos projetos postos em prática houve muito suor derramado e pouco lucro. Ele não enrubesce ao detalhar seus inúmeros casos amorosos, as punhaladas pelas costas desferidas por muy amigos, os erros estratégicos, etc. Por outro lado, Barata Cichetto faz, aqui e ali, análises sintéticas do contexto político nestes quase 25 anos. Mesmo nesses altos e baixos, é possível identificar o senso de humor — às vezes ácido – do autor.

Na verdade, A História de Abarata.com.br é uma edição revista e atualizada do livro publicado três anos atrás; que quase ninguém leu. Aliás, Barata Cichetto é um escritor de poucos leitores, em contraponto a sua considerável obra. Certamente, por não fazer parte de panelinhas, grupos, correntes e bajuladores estado-dependentes do mecenato governamental, o autor paga, com prazer e dor, o preço de sua independência.

Li esta nova edição do meio para o fim e do começo para o meio com especial prazer, em razão de o meu nome constar já na dedicatória. “Apareço” na vida do autor na página 210. É uma lisonja impossível de esconder. É estranho constatar que uma pessoa que foi ligada a mim, e que também “apareceu” na vida de Barata Cichetto, desapareceu por completo de nossas vidas em decorrência da onda de polarização política mais avassaladora que a pandemia do vírus chinês. Para essa polarização não existe vacina à vista.

Tenha o seu.

Genecy Souza é um colecionador de livros, comerciário e mora em Manaus, AM

Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade – A História de A Barata.com.br
Barata Cichetto
Peso: 0.538016 kg
Dimensões: 16 × 23 × 1.84 cm
Editora: UICLAP
Páginas: 348
Tamanho: 16 x 23 cm
Comprar: https://loja.uiclap.com/titulo/ua9059/

5 1 Vote
Article Rating
Assinar
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários